Software odontológico: O que é? Vale a pena? Descubra tudo!

     Durante muito tempo, consultório e clínicas de grande, médio e pequeno porte utilizavam de inúmeros papéis e depois extensas planilhas para auxiliar na gestão e no arquivamento de informações. Infelizmente, tais métodos são arcaicos e ultrapassados, além de aumentarem as chances de erro.

     Atualmente, com os avanços tecnológicos e com tantas rotinas administrativas, as empresas necessitam de um sistema de gestão para auxiliar nessas tarefas. 

     De forma resumida, um software odontológico ajuda os gestores/dentistas de clínicas e consultórios a otimizarem tempo, organização e lucros. Além disso, oferecem outras milhares utilidades.

     Então, continue lendo esse conteúdo e descubra se vale mesmo a pena investir em um software odontológico!

Software odontológico

     No que um Software odontológico poderia me ajudar?

     Quando se contrata um software para clínica odontológica, dependendo do plano, ele oferecerá diferentes funcionalidades para auxiliar na administração e no controle financeiro, como agendas, cadastros, contas, orçamentos, prontuário eletrônico e relatórios com demonstrativos de resultados.

     Todas essas funções são fundamentais no gerenciamento de consultórios, para adequar a rotina de todos os profissionais, fazer os pagamentos em dia, verificar eventuais inadimplentes e implantar ações necessárias para a melhoria da clínica.

     Abaixo, listamos as 3 principais funcionalidades de um software. Confira!

     1.      Gestão financeira

     A gestão financeira de um negócio é sempre uma das maiores dores de cabeça que o empreendimento enfrenta.

     De fato, é muito difícil conciliar o atendimento ao paciente com a gestão e organização financeira, e se você é dentista e gestor ao mesmo tempo sabe que essa rotina é exaustiva.

     Nesse sentido, um software odontológico precisa oferecer a gestão financeira, ou seja, precisa apresentar funcionalidades como contas a pagar e receber, controle do fluxo financeiro e controle de cartões, cheques e boletos.

     Assim, você tem tudo organizado em um único lugar, sem diversas planilhas para serem atualizadas constantemente.

     Além disso, a partir dos relatórios financeiros que a maioria dos softwares odontológicos disponibilizam, você consegue definir e evitar possíveis problemas e diminuir a inadimplência do consultório, por exemplo.

     2.      Gerenciamento da agenda

     Se você já se deparou com a semana lotada de consultas, pacientes que não comparecem à consulta e dificuldade de encaixar um caso de urgência, possivelmente você está enfrentando problemas de agendamento.

     Em suma, o software odontológico poderá te ajudar com estes problemas. Com ele você poderá, por exemplo, confirmar a consulta ou tratamento do paciente pelo envio de SMS ou e-mail, o que diminui significativamente as faltas.

     3.      Gerenciamento do estoque

     Seu consultório ou clínica odontológica tem estoque de insumos? Se sim, como é a organização, ou melhor, tem organização?

     Um dos critérios atrativos de um excelente software odontológico é a gestão de estoque.

     O estoque organizado é fundamental para evitar possíveis problemas no momento de atendimento e tratamento do paciente, além de evitar gastos desnecessários.

     O uso de um software odontológico é uma tendência em alta, o que significa que, ao adotar esse sistema, você ganhará destaque no mercado. Essa solução está sendo cada vez mais adquirida nas rotinas dos profissionais e sendo reconhecida como uma ferramenta de trabalho que pode fazer uma grande diferença no dia a dia de um consultório odontológico.

     Gostou das nossas dicas? Então deixe seu comentário e continue sempre nos acompanhando!

Deixe uma resposta